Oxigenoterapia Hiperbárica: Estudo internacional avalia a eficácia em pacientes com COVID-19

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
covid-19

Enquanto que recentemente foi publicado um estudo cujo principal objetivo é avaliar a eficácia da Oxigenoterapia Hiperbárica.

Assim, além do manejo normal durante o período de normalização da necessidade de oxigênio (dependência de oxigênio) em pacientes com pneumonia por SAR-CoV2, de forma que não necessitam de ventilação invasiva ou não invasiva.

É um estudo prospectivo, intervencionista, multicêntrico, controlado e randomizado. Os pacientes admitidos por pneumonia por SARS-CoV2 no setor Covid do hospital, que possuem critérios de dependência de oxigênio. Sendo assim, eles serão propostos para inclusão de acordo com os critérios de inclusão e não inclusão.

Em resumo, a randomização será realizada para determinar a alocação em dois grupos: um grupo da HBO que realizará uma sessão diária após verificar a ausência de contra-indicação à HBO e um grupo de controle não HBO com os mesmos critérios clínicos. Mas que não se beneficiarão da Sessões de Oxigenoterapia Hiperbárica. De forma que, nos dois grupos o tratamento contínuo padrão com oxigênio normobárico será mantido.

Estudo completo para leitura: https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT04327505

PESQUISADORES

Principal Investigator: Anders Kjellberg, MD Karolinska Institutet
Study Chair: Peter Lindholm, MD, PhD Karolinska Institutet
Study Chair: Kenny Rodriguez-Wallberg, MD, PhD

PATROCINADORES E COLABORADORES

Karolinska Institutet
Karolinska Trial Alliance
University of California, San Diego
Blekinge County Council Hospital
JK Biostatistics AB

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin